19 de julho de 2012

"Gosto de ti, assim. Com essa tua incessante capacidade de me fazeres sorrir. Esse teu desejo ardente do meu corpo reflectido nas tuas palavras. E eu, deste lado, ansiosa para que me tomes tua e que satisfaças todas as tuas vontades. Vem, meu amor. Estou aqui, assim, frágil como um coração magoado. Tremendo ao saber das ondas do mar que nos chamam, aos dois. Segundo a segundo. Minuto a minuto. Espero-te por cá. Onde o vento nos levará até onde quisermos ir. Onde o sol nos iluminará até ao mais profundo dos segredos. Onde, juntos, chegaremos ao mais intimo de nós e ao mais desejado por ambos. Vem, meu amor."

2 comentários:

bad.influence.on.u disse...

mt bom :)

L' disse...

Infelizmente não vou poder ir ao SW, já gastei muito dinheiro com o Marés e tenho que juntar para ir para o Algarve :s Talvez para o ano, se bem que para o ano gostava muito de ir a Paredes.
Adorei a citação, é daquelas que alegra os olhos.