12 de fevereiro de 2012

guião curta-metragem (2)

Aqui vai a segunda e última parte do meu magnífico guião!

TEDDY
E depois há situações muito caricatas nos espectadores do futebol… Por exemplo, quando um jogador falha uma oportunidade de golo incrível e estão todos confiantes que a bola vai entrar na baliza e então gritam: “GOLOOOOOOOOO!”, mas quando reparam que a bola passou ao lado, reformulam o grito: “GOOOOL’AIIIIIIIIII! AI AI AI!”
(foundu enchaíne – primeiro uma imagem de gente a gritar golo em euforia e depois uma imagem de pessoas sentadas com cara pouco agradável)

TEDDY
Outra coisa de que eu gosto imenso é de ver bebés a comer limão pela primeira vez! A cara deles faz-me chorar a rir!
(excerto de um vídeo de um bebé a comer limão pela primeira vez)

TEDDY
Ainda me lembro quando fui inteligente ao ponto de comer limão…
(plano de detalhe de um limão)

TEDDY
Lembro-me de fazer a pior cara de sempre! E logo alguém como eu… Um urso lindo e fofinho que é adorado por toda a gente! Ah, não fiquem a achar que sou convencido! Porque não sou!
(imagem fixa de uma pessoa a fazer uma cara estranha em relação ao que o urso diz)

TEDDY
Ah! Detesto quando vou na rua, muito sossegado, e de repente vejo cães na minha direcção! Acho que me vêem como eles...
(potencialidade semântica do fora-de-campo com uma imagem do urso com cara de assustado e de medo quando vai na rua)

TEDDY
Mas a propósito de eu ser fofinho, começo a achar que o Ken tem ciúmes meus porque a Barbie adora-me!
(plano panorâmico com a Barbie a abraçar o urso Teddy)


TEDDY
Mas às vezes acho que sou vítima de bullying pelo Winnie The Pooh!
 (imagem fixa do Winnie The Pooh com cara de mau)
TEDDY
Mas deixemos de falar das minhas tristezas! São coisas que me incomodam!
(montagem das atracções – primeiro um grande plano de Teddy a pensar nas coisas que o incomodam, depois a imagem de uma estrada com muitos carros em andamento e, de repente, há uma acidente muito grande)

TEDDY
Ah! Outra coisa de que não gosto é de política! Grrr! Odeio política! Em qualquer lado há pessoas constantemente a discutir política e a crise e blablabla!

TEDDY
Era bom eu falar de coisas que gosto, não era? Mas eu sou um urso um tanto ao quanto frustrado… As pessoas ignoram-me e descriminam-me por eu ser um urso e ter delírios!
(plano geral do urso a passear na rua e a ser ignorada quando fala para alguém)

TEDDY
Mas, se todos temos delírios, porque é que eu não posso ter? Afinal eu também falo e tenho sentimentos como as pessoas!
(plano de detalhe de um coração com zoom para a frente)

TEDDY
Se é que, admito que sou um pouco estranho e esquisito!
(grande plano de Teddy com cara de quem não acredita no que acabou de admitir)

TEDDY
Já que falamos em estranhos… Detesto pessoas normais! O que mais há é pessoas normais! E o mundo precisa de pessoas diferentes, alternativas, originais…
(imagem fixa de alguém muito diferente)



TEDDY
E eu sou o maior exemplo de pessoa diferente! Mas eu sou uma pessoa?
(imagem fixa de pontos de interrogação. Para dar a entender que a pergunta ficou no ar…)
Teddy olha fixamente na direcção da câmara e vira costas.

FIM

Sem comentários: