2 de outubro de 2011

"Ontem senti que a pessoa que estava à minha frente não eras tu. Os teus olhos estavam cansados e semi-serrados. Não percebo o porquê. Mas gostava que isso significasse saudades minhas. E, como se não bastasse, eu 'troquei-te'. Não por culpa minha, sabes? Não sou eu que mando. Mas custa-me tanto ver que vamos para destinos diferentes quando seria tão mais fácil caminharmos juntos.

Da tua sempre cúmplice."

2 comentários:

paula guimarães . disse...

muito, mas muito obrigada linda !*

L' disse...

Oh, porquê? :s
Eu sei que é difícil querida, já passei por isso. É uma fase nova, diferente, é um mundo à parte.