24 de agosto de 2011

factos#4


Estou a perder-te aos poucos, meu amor. E tu fazes tanta falta à cor dos meus dias.

11 comentários:

joanarocha disse...

tem força querida!

s. disse...

sei bem o que isso é |:

Ana disse...

não deixes, pega ja nos lápis de cor ;)

ana cristina disse...

então ganha-o outra vez. conquista-o. não o deixes perder *

L' disse...

é verdade :s
agarra-o com força e não o deixes fugir por nada deste mundo.

Incógnita disse...

é mesmo difícil ver as coisas partir..

Vanessa ൪ disse...

Entendo tão bem o que dizes aqui :X

Andy disse...

Adorei, em tão pouco diz tanta coisa*

Danii disse...

percebo-te bem minha querida!

Ás de Copas disse...

Força!

Andy disse...

As pessoas não deviam mentir, pois não?
As pessoas não deviam fingir sentimentos, pois não?
As pessoas não deviam ter medo de perder, pois não?
As pessoas deviam contar sempre a verdade, não era?
As pessoas não deviam ser más ou até mesmo no limites disto, não deviam ser más pelo menos com aqueles que lhes querem bem, pois não?
Então porque é que as pessoas ao nos darem coisas tão boas, também nos sabem dar coisas tão más?
Porque é que nos magoam o coração e ele fica a doer? Uma dor que sufoca e faz-nos chorar, uma dor que nos faz ficar aflitos...
E porque é que depois disto tudo, as pessoas nos fazem ter tanta saudade?