13 de junho de 2011

"O Amor é fodido" #2


"Tenho saudades de ti. Mas não me custa sofre-las, comparado ao que sofria quando estavas aqui comigo, deitada no meu ombro, a sonhar os teus sonhos, agarrada a mim, o meu amor, o meu amor a arder-me no coração, deitando fogo ao meu sossego, tanto era o amor que te tinha, e o terror e a certeza de perder-te."

in O Amor é fodido, Miguel Esteves Cardoso

12 comentários:

joanarocha disse...

muito obrigada (:

Cath disse...

é sempre assim que devemos pensar.

Mariana disse...

tão fantástico

RaquelSousa . disse...

- exactamente. é isso que marca e distingue as pessoas que nos acompanham.
- este livro é lindo *.*

PauloSilva disse...

que lindo! adorei mesmo :o

e a imagem ! twilight, I love it! :)

L' disse...

adorei o blog, estou a seguir :)

Sara Martins disse...

nada disso aamor!

adriana m disse...

de nada :)

Vanessa ൪ disse...

a ver se compro, também estou a gostar imenso do que estou a ler agora

Mary disse...

obrigada :)*

PauloSilva disse...

ora essa :$

Vanessa ൪ disse...

« Quando o magnata inglês Sir Robert Waldo Hardwick morre de forma misteriosa num acidente de viação, deixa uma carta a nomear seis pessoas que suspeita lhe tenham desejado a morte. Daisy Keane e o investigador Harry Montana juntam-se para levar os suspeitos (e outros convidados como manobra de diversão) num fabuloso cruzeiro pelo Mediterrâneo, com todas as despesas pagas pelo falecido Sir Robert. O mistério aumenta à medida que vão aportando em Monte Carlo, Saint-Tropez e Sorrento. E as reviravoltas inesperadas são apenas o princípio.
Por fim, chegam à bela Villa Belkiss em Capri, onde será lido o testamento de Sir Robert... e o assassino desmascarado. Com a beleza da paisagem do Yorkshire, as estâncias do Mediterrâneo e o magnífico iate de cruzeiro, mais a atracção intensa entre o solitário Harry Montana e a desconfiada Daisy, as paixões inflamam-se e o encanto da Villa Belkiss deslumbra. »

Está aí a sinopse minha querida, é mais fácil assim do que estar a explicar :)