16 de março de 2011

tu me manques

Hoje é o teu dia de aniversário e posso ter mil e um desejos por realizar, mas neste momento o que mais queria era estar ao pé de ti, poder dar-te dois beijos e um grande abraço. Mas não posso, infelizmente.
Já escrevi sobre isto mas nunca me atrevi a publicar. Mas hoje vou fazê-lo. Custe o que custar!
Desde que vieste cá em Abril de 2010 que te comecei a sentir distante. Já é duro demais p'ra mim a distância física e tu ainda pioras isso com a distância espiritual. Lembro-me que tinhas 24 horas sobre 24 horas para estar comigo e negavas sempre. E eu tinha aulas todos os dias de manhã e de tarde e sempre que tinha um tempinho disponibilizava-o para ti, mas nunca te importaste com isso. Durante mais de uma semana vimo-nos três vezes e morava-mos a 300 metros de distância! Sinceramente, não percebo o que pensaste que queria de ti! Somos primos, P-R-I-M-O-S! Pode ser em 2º grau ou o raio que parta, é tudo a mesma coisa!
Desde ai nunca mais te reconheci. Mudaste tanto comigo! E pior que isso, desiludis-te-me mais que uma ou duas vezes e nunca deste por ela porque eu de tão burra que sou não me consegui desligar do carinho que te tenho! Estou farta do teu desprezo, sabes? Não mereço isto e tu sabes disso melhor que eu e melhor que ninguém!
Quando voltares cá, no verão, vê se vens com mais disponibilidade, vê lá se desvias a atenção do que te prende lá e se a diriges para o que te prende cá! Vê se não magoas ninguém e vê se és capaz de me fazer mudar de ideias! Duvido muito, mas também conheço bem as tuas qualidades e capacidades e sei que consegues fazê-lo se quiseres. Mas a questão aqui é mesmo se queres?!
Ah! Mais uma vez, dei-te os parabéns com todo o meu carinho e amor e tu respondeste como se eu fosse uma pessoa qualquer!...
Morro de saudades tuas e já não sei se as vou conseguir matar quando cá vieres! Sabes porquê? Porque tenho saudades do 'meu' A* e não de um A qualquer que cá vem uma vez por ano e se desliga disto o resto do ano!

Toma conta de ti. ♥

4 comentários:

Queu disse...

Quando o love estiver pelos teus lados, falamos ;)

Vanessa disse...

Gostei :)

joanarocha :) disse...

esta lindo querida, cheio de sentimento *-*

Cath disse...

tu és muito simpática, essa é que é a grande verdade.
é tão triste quando estas coisas acontecem (refiro-me ao texto)...

adoro a música, é lindíssima!