31 de março de 2011

Dear true-love



Por mais palavras que queira proferir-te (neste dia), não vou fazê-lo. Sabes porquê? Porque preferia escrever-te uma carta e enviá-la, na certeza de que só tu irias lê-la, do que escrever-te aqui onde todos podem ler e saber de tudo o que tenho a dizer-te. No entanto, caso te mostres interessado, nunca será tarde para te escrever uma carta.

je t'aime, beaucoup.

4 comentários:

joana disse...

mesmooo!
como meteste os codigos?

Cath disse...

e eu, e eu. essa carta vai ficar bonita e cheia de sentimento, caso a escrevas.
já agora, adoro sempre as tuas músicas.

Marta ☮ disse...

obrigada :)
Eu acho que devias escrever-lhe uma carta, escreves tão bem *

Marta ☮ disse...

mas mais vale dizer que gostas dele :S assim nao ficas com esse sentimento apenas para ti...