3 de janeiro de 2011

para sempre(?)




Sabes, às vezes penso naquilo que ainda nos une. Talvez seja um desejo mútuo que cada um de nós esconde para si. Um desejo intenso que nunca deixará de o ser. Eu sei que mesmo conseguindo uma vida a dois no futuro, nunca conseguirei apagar a ligação que tenho contigo. Sei que por mais voltas que a minha vida dê, por maior que seja a distância que me separe de ti, por mais setas que me atinjam, tu serás sempre aquele que mais fundo me tocou. Talvez o meu coração não esteja ligado ao teu para sempre, mas o meu corpo estará, pressinto isso cada vez que os nossos olhares se cruzam e se tentam escapar sem saber bem como.
Eu tento abstrair-me deste desejo vezes e vezes sem conta. Dou por mim à chuva, ao frio, ao vento. Dou por mim num desejo de tudo e de nada. Olho o ontem, o hoje e o amanhã. Vejo toda a minha liberdade na minha frente e procuro uma força do além que me leve daqui, que me leve deste desejo, que apague de mim os teus vestígios... Mas estou presa. Presa a ti e por ti. Presa ao teu corpo, aos teus olhos, ao teu beijo e às tuas mãos. E nenhuma força do além quebrará essa corrente.
Por mais que tente explicar-te tentas e tantas e tantas vezes, nunca te direi vezes que cheguem que permaneces. Incrivelmente.

- m.

9 comentários:

Danii disse...

De nada fofinha :)
Está demais este post $:

danielab disse...

Estive uns dias sem cá vir, desculpa a demora.
Sinto, gostava de me pôr na pele de outra pessoa e lidar comigo durante alguns dias. Parece que não, mas ajuda muito a mudar certas atitudes e formas de pensar.
Um bom ano para ti :)

juca ♥ disse...

obrigada querida. esta lindo :o

RuteRita disse...

Aiii mas que lindoo o:

Vanessa disse...

gosteii *

lara disse...

está lindo. apesar de eu não ter tanta certeza como tu, acho que também hei-de ficar presa a uma pessoa

Ana Luísa disse...

que lindo, que lindo, entendo bem isto! :)

Danii disse...

Gostei muito :)

Cátia Mourisca disse...

OBRIGADA ARMANDA <3