14 de janeiro de 2011

meu amor



Quando penso que te esqueci é quando mais percebo que (ainda) te amo. E amo-te para além daquilo que um dia achei possível. Gostava de poder dizer-te isto directamente, com a devida felicidade com que alguém declara o seu amor, mas sei que isso não mais terá consequências sobre ti, sei que não mais mudará nada. Tal como, pelos vistos, nunca mudou. No entanto, sei que te(/nos) revês nestas palavras. As palavras que contam uma história pouco ou nada feliz. Uma história sem fim à vista e com uma batalha dificil por terminar.

♥

12 comentários:

Danii disse...

Percebo muito este post! Força querida :)
(o teu blog está um mimo +.+)

jorgedalte disse...

pensamos sempre que tudo foi e será esquecido mas basta apenas uma centelha para que as lembranças pulem e avancem tomando conta da nossa alma


beijinhos

Danii disse...

É mesmo :p
Não tens nada que agradecer :)

RuteRita disse...

força meu doce mesmo.
está lindo

Catarina disse...

força*
nao sera em vao como tu escreveste se lhe disseres mais uma vez.
assegura-o disso.
se nao consegues e se ele nao te da a devida importancia mais vale esquece-lo ou pelo menos tentar

Catarina disse...

Por isso e que tens que te mentalizar disso. para o teu bem estar.


adoro a musica'

Catarina disse...

exacto

Catarina disse...

nao tens de que

juca ♥ disse...

sei tao bem o que isto é querida. por mais que dizemos que queremos esquecer, nunca conseguimos. por mais que dizemos que ja esquecemos, nao e sempre essa a verdade :$

mágcia disse...

achas que os teus sentimentos nao vão mudar a vossa relaçao?

Andrea Soares disse...

Pois, eu sei. Mas não vale a pena lamentarmos-nos com estas coisas, temos de ser fortes e ultrapassar querida!

Andrea Soares disse...

Sim, eu compreendo...acredita que sim :/