19 de novembro de 2010

28# Carta para alguém que mudou a tua vida.

Gostava de escrever esta carta com todo o meu amor. E mais que isso, gostava que a lessem e que me abraçassem e me dissessem que também gostam muito de mim. Mas como a nossa união faz parte do meu passado e a minha hipótese de perdão já foi rio abaixo à muito tempo, isso não vai acontecer.
Um dia gostava de vos agradecer do fundo do coração por tudo o que fizeram por mim, por todos os momentos perfeitos que me proporcionaram e muito muito mais.
Resta-me lamentar-me por ter sido estúpida e orgulhosa ao ponto de vos ter deixado escapar por entre os dedos como areia. Arrependo-me como é óbvio, mas eu acredito que nada acontece por acaso e tenho certeza disso porque agora há gente que também me faz feliz como vocês faziam. Não gosto de comparações, mas pronto.
É verdade que mudaram a minha vida. Mesmo. Eu cresci. Cresci muito. Aprendi a defender-me, aprendi a gozar a vida e não a levar demasiadamente a sério. E continuo a ser assim. Como vocês me ensinaram a ser. É essa a marca que vocês me deixaram. A maior de todas as marcas que me poderiam deixar. E do fundo do meu coração, o meu maior obrigado.
Se tenho saudades? Óbvio que sim.
AMR*

4 comentários:

Dri* disse...

também não perguntas-te xb

joanapereira disse...

o bom é que sozinhos , nunca , mas nunca estamos :) muito bom *-*

- joanarocha disse...

que lindo .

Andrea Soares disse...

que bonito :)